Blog

Palestra sobre Liderança Inspiradora

Data da Postagem: 05/05/2014 00:00h

 

A alegria das Conquistas!

Data da Postagem: 15/09/2011 00:00h

 

Se você misturar duzentos gramas de farinha de primeira num saco de farinha vencida, a farinha de primeira desaparecerá, e todos dirão que sua farinha é amarga e insuportável.
Se você colocar um litro de gasolina azul num tambor cheio de água, e usar essa mistura para encher o tanque do seu carro, verá o motor bufar feito doido e não funcionar.
É neste sentido que digo: O maior engole e anula o menor.

Existem pessoas que se queixam o tempo todo que não vão bem nos negócios, não têm dinheiro, não têm sorte, não conseguem sentir serenidade.
Desde o amanhecer exclamam que está difícil, se aborrecendo com pequenas coisas, e com dificuldades (preguiça) de agir positivamente.
Ligam a TV, lêem o jornal, ouvem rádio, conversam com os amigos, e o lema é sempre o mesmo: crise, falta de dinheiro, situação difícil, lojas vazias, comparações inglórias... Se vão fazer alguma coisa ficam sempre com um pé atrás. Se desejam comprar ou conquistar algo, desistem para quando a situação estiver melhor.
Passam o tempo todo navegando nas águas da inação pelo medo, pessimismo e do derrotismo.

Mas essas pessoas dizem que mentalizam todos os dias riqueza e sucesso. Chegam até imaginar que são positivas, que desejam muito o sucesso e a prosperidade. Já fizeram rituais de abundância, acenderam velas e fizeram orações.
Hoje se sentem iludidas dessa estória de pensamento positivo, porque ao final não funcionou. Nada deu certo.
Calma. Vamos raciocinar.

REFLITA:
Quantos minutos por dia você pensa positivamente? Seriam 30 minutos? Quando muito uma hora?
Conclusão: Você fica no pessimismo do inconsciente coletivo por 22-23 horas por dia? O que pesa mais?
Duzentos gramas de ótima farinha conseguem transformar um saco de farinha amarga?

SUGESTÃO - MUDE O CONTEXTO DE SUA VIDA
Comece por este pensamento que acho profundamente engraçado:
"Não leve a vida tão a sério - Você nunca vai sair vivo dela"

Pratique atividades de mudança de contexto. A Terapia do Riso é uma excelente dinâmica para esta conquista. Nós possuímos dois tipos de capacidade mental: A primeira é a Lógica, Racional, Cognitiva, Objetiva, Metódica e opera na velocidade da linguagem. Esta mente chamo de "M", e digo que funciona do pescoço para cima.
A segunda é a Intuitiva, Instintiva, contém a Inteligência Emocional, é não verbal - rápida e pode lidar com padrões analógicos, Original, Sensível e Criativa. Esta mente chamo de "I", e digo que funciona do pescoço para baixo.
Necessitamos usar estas duas capacidades de pensamento em todas as áreas e momentos de nossas vidas.
O que acontece é que estamos saturando o uso da atividade "M", e desconsiderando - porque desconectamos - as nossas capacidades da atividade "I".

A Terapia do Riso desenvolve e reativa a nossa capacidade de sermos mais criativos, flexíveis, intuitivos, positivos, livres (internamente), e assim sermos capazes de mudarmos nosso referencial conforme nossa vontade.
Tudo o que precisamos fazer é permitir a nós mesmos deslocar nossa atenção para diferentes aspectos de nossa experiência.
A Terapia do Riso nos possibilita a prática da mudança dos prismas em nossa vida. REPARE na diferença de atitude ao colocar sua estória para você mesmo, ou para um amigo, falando sobre o mesmo assunto, mas mudando de referencial em sua mente.

Seja um bom Vendedor!

Data da Postagem: 15/09/2011 00:00h

 

A função do vendedor

A função de um Vendedor é a divulgação e a venda dos produtos (ou serviços) de      
uma empresa junto a um universo específico de Clientes (consumidores ou   
Revendedores) desses produtos.          
O desenvolvimento do trabalho inclui a pesquisa, localização e o contrato com              
esses “Clientes potenciais” para a compra e uso (ou revenda) dos produtos    
oferecidos.

A realização da venda propriamente dita (obtenção de pedidos) é a faceta mais           
importante e característica da função do Vendedor. No entanto, existem muitos         
aspectos relevantes que devem ser considerados e colocados em ação, para que        
ela se torne mais efetiva.           
Objetivos de Um Vendedor Profissional             
O resultado do trabalho do Vendedor não pode ser uma simples alternativa:  
Vendeu ou Não vendeu. A cada visita o Vendedor deve perseguir os seguintes            
objetivos:

1 – Efetuar vendas (obter Pedidos)       
É a principal preocupação do Vendedor Profissional.    
2 – Levar (novas) informações – novos fabricantes, com produtos e    
promoções.
Se ocorrer de, em determinada visita, não obter nenhum pedido, o Vendedor              
deverá pelo menos se certificar de que, como conseqüência de cada novo contato,    
o Cliente conhece e compreende melhor sua empresa e todos os seus produtos e      
serviços.
3 – obter (novas) informações 
Para poder planejar novas visitas que propiciem obter pedidos, o Vendedor deverá   
também se certificar de que deve conhecer melhor o Cliente e todas as suas 
necessidades, assim como a atuação da concorrência junto a ele.         
Também conhecer todas as vantagens e a política dos fabricantes ligado ao ramo         
de atividade dos Clientes.

Com EMOÇÃO ou sem EMOÇÃO?

Data da Postagem: 09/03/2010 00:00h

 

Quem já esteve passeando pelas dunas de Fortaleza (CE) ou de Natal (RN), certamente já ouviu esta pergunta: Quer com Emoção ou sem emoção? Ela é feita pelos motoristas dos bugres para definir como será o passeio pelas praias paradisíacas do local. Se a resposta for sem emoção, a viagem é muito boa; você vai curtir as belezas naturais do local, a paisagem, os detalhes esculpidos pela natureza. Ao final, você constata que realmente a viagem valeu a pena. Mas, se você escolher com emoção, é bem provável, que nem veja nada de paisagem ou sequer detalhes da perfeição da natureza. O coração vem à boca, a emoção fica à flor da pele, a adrenalina nas alturas. Você termina a viagem em êxtase. É uma verdadeira loucura! O sangue circula à 120 km/hora. É um verdadeiro show! 
 
E daí? O que isto tem a ver com o meu dia-a-dia? A resposta é tudo! Seja lá qual for a tua profissão ou atividade, desenvolve-la com emoção, fará toda a diferença. Primeiramente para você, que terá muito mais prazer naquilo que faz, como também, para quem estiver ao seu redor que perceberá que valeu à pena estar com você.
 
Geralmente inicio as minhas palestras com esta perguntinha básica: Preferem com emoção ou sem emoção? E em 100% dos casos a resposta é com emoção. Quando provoco a platéia para justificar a sua resposta, obtenho as seguintes justificativas: Com emoção é muito mais prazeroso; torna-se muito mais atrativo; não dá sono; aprendemos melhor; enfim, é muito mais agradável e produtivo.
 
E aí? Como você vem desenvolvendo a sua vida? Com emoção ou sem emoção? Assim como você prefere que as pessoas lhe proporcionem vendas emocionantes, momentos espetaculares, precisamos perceber se nós estamos fazendo isto acontecer no nosso dia-a-dia. Viver com emoção, é aproveitar a vida em sua total intensidade. Emoção nos relacionamentos, emoção no trabalho, emoção na vida. As pessoas que convivem contigo tem prazer em estar ao seu lado? Quando você vai desenvolver alguma atividade, faz com o sentimento de dever ou de prazer? Como se sente após a conclusão da tarefa? Os seus olhos brilham? Você comemora o resultado? Fazer as coisas com emoção dará a você a chance de aproveitar cada detalhe, cada segundo da sua vida. Você será muito mais feliz e proporcionará felicidade por onde passar. Como você gostaria de ser lembrado? O que você acha que as pessoas falam de você? Se a resposta ainda não é a que você espera, tome uma atitude. Mude a sua forma de encarar os desafios da vida e certamente os seus resultados mudarão. A vida é bela, mas o mundo é mau.  Para vencer as dificuldades surgidas no dia-a-dia, você precisara ir alem dos problemas. A sua vida precisa ter um sentido. E onde a emoção se encaixa? Simplesmente em tudo!
 
Quando assistimos um filme emocionante, temos prazer em recomendá-lo para os nossos parentes e amigos. Quando temos uma noite emocionante com alguém especial, acordamos com um ar de felicidade incrível; as pessoas percebem de imediato que alguma coisa muito boa nos aconteceu. Então, observe que a emoção faz parte da vida de cada um de nós.  A emoção é o tempero que dá gosto à nossa vida. Por isso nesta semana, estabeleça um compromisso pessoal de colocar um pouco mais de tempero em suas ações como um todo. Tente colocar emoção em cada uma das áreas de sua vida; financeira, profissional, familiar, social, espiritual, etc. Observe os resultados e perceberá que esta decisão é crucial para a sua vida em geral. E aí, como vai viver a partir de agora, Com EMOÇÂO ou sem EMOÇÂO? Espero que você tome a decisão certa.
Copyright © 2011 jovallacerda.com.br Tel: (75) 99205-7000 | 3483-7268
Lince Web - Soluções Inteligentes